B I S T R O H U B

Devido à COVID-19, ainda há muitos restaurantes aguardando para abrir com garantias. E os que já fizeram isso viram que a demanda caiu drasticamente em comparação ao mesmo período do ano passado. As causas são o medo do contágio, a diminuição no número de turistas que visitaram a Espanha este ano e a complicada situação econômica.

Diante dessa situação, os restaurantes precisam repensar sua estratégia. Tanto para atrair o maior número possível de clientes quanto para cortar os custos ao máximo possível. Como? Seguindo algumas orientações simples, que ajudarão você a enfrentar os próximos meses com mais segurança.

Cortando os gastos: cinco estratégias para restaurantes

A abertura é necessária, mas não a qualquer preço. Não é impossível que o encerramento de negócios no setor dos restaurantes seja imposto novamente em todo o território espanhol ou em determinadas zonas. Assim, queremos deixar alguns pontos bem esclarecidos no momento de reabrir seu restaurante com um risco financeiro menor. Em grande medida, o sucesso de sua reabertura depende disso.

1. Analise atentamente o aumento nas despesas extras.

Não é segredo que bares e restaurantes tiveram que gastar muito dinheiro para adaptar suas instalações à nova realidade que vivemos:

  • Máscaras faciais para funcionários.
  • Álcool em gel à disposição de funcionários e clientes.
  • Serviços de limpeza melhorados.

Aos itens citados acima, temos que adicionar a redução na capacidade das instalações e o aumento de preços maiores do que o esperado dos produtos principais. É vital analisar esses detalhes atentamente para traçar um mapa ou gráfico que vai ajudá-lo como ponto de partida.

2. Obtenha aconselhamento financeiro

Você pode estar pensando em solicitar um empréstimo ou uma linha de crédito para avançar com a reabertura de seu restaurante. Então, antes de fazer isso, consulte seu contador ou consultor financeiro. Ele lhe falará sobre a viabilidade de fazer isso e recomendará o valor que você deverá solicitar. Endividar-se demais ou não fazer um bom planejamento pode ser contraproducente.

3. Repense seu cardápio

Sem dúvida, a última coisa que você deseja é que essa situação acabe impactando na qualidade de seus pratos, não é? Uma forma inteligente de evitar isso e, ao mesmo tempo, reduzir seus custos é cortar o cardápio do restaurante. Mantenha apenas os pratos que você sabe que seus clientes gostam, os mais populares. No futuro, você pode reintegrar os restantes.

4. Reduza o horário de funcionamento

Abra em regime de meio período, dependendo da especialidade de seu restaurante, pode ser uma boa ideia para cortar os custos. Pelo menos até você descobrir que a demanda vai voltar ao mesmo nível de antes da COVID-19.

É claro que isso significará empregar menos funcionários. Por outro lado, envolver sua equipe nas estratégias de reabertura será vital para que elas sejam eficazes.

5. Impulsione os pedidos online

Houve um crescimento surpreendente de pedidos online durante o estado de alarme. E, sem dúvida, estamos falando de uma tendência crescente, que veio para ficar.

As entregas ao domicílio são o futuro, e é possível que se tornem a solução mais lucrativa para muitas empresas. Sobretudo, se elas tiverem um programa de gestão de encomendas online de restaurantes, que simplifica e agiliza o atendimento da demanda deste canal.

Entre em contato conosco e nós lhe diremos como o Bistrohub pode ajudá-lo a reabrir seu restaurante com muito mais eficiência.

Posts Relacionados

Deixe um comentário

pt_BRBR